• Sílvia Maria Ribeiro

PORQUE REPETIMOS ERROS?

Atualizado: 20 de jan.

Essa pergunta tem me chamado atenção nos últimos dias, pois tenho encontrado pessoas que parecem não perceber que suas vidas são uma repetição de erros, um atrás do outro. Relacionamentos que se repetem, sempre as mesmas posturas em relação aos assuntos, viver do passado.

Tudo acontece da mesma forma e elas não percebem que podem fazer diferente. Sei que para um olhar externo tudo parece fácil, mas para a pessoa é bem difícil redirecionar suas posturas de vida.

Acho também que é mais fácil pisar em terreno conhecido do que navegar por

outros mares, mas se não mudarmos não vamos experimentar o novo. É como uma sina, sou assim e quero continuar a ser assim. Será que tem de É claro que podemos mudar, basta querer e para ajudar podemos tomar OYAMÃ, que vai ajudar a perceber a realidade pessoal e ao nosso redor e vai limpar pensamentos e sentimentos confusos e ajudar a dizer não nas situações crônicas. OYAMÃ dá assertividade e clareza.


Associo com ELOAH, também para clareza e diálogo. Ela tem tantos benefícios ­ dá visão do futuro, organização, prática, sincronismo, concentração e objetividade. Excelente para quem tem dificuldade de assumir posturas claras e situações de forma clara.

Podemos também tomar RENASCER, que dissolve o escudo construído em torno de centros emocionais e que faz aprender com a própria experiência, o que para quem repete erros é a chave de tudo.

Se quiser, podemos associar OBAITI, que é excelente para descondicionamento e concentração e também para comportamentos que bloqueiam o crescimento. OBAITI é excelente para tomar decisões e para domar a rigidez. Também ajuda a eliminar toxinas do organismo.

Com essas essências nos ajudando e mais a percepção e a vontade de mudar, podemos trilhar novos caminhos e deixar a vida mais leve com novas posturas de vida.

Afinal, mudar é tudo de bom!


Abraços,

Sílvia Maria Ribeiro



 

Sobre Sílvia Maria Ribeiro


Geógrafa graduada pela Universidade de São Paulo em 1981 e pós-graduada em Administração de Recursos Humanos pela Universidade Paulista.

Terapeuta floral com formação no Sistema Ararêtama desde 1997. Atuando desde 1999 no Programa Social Gotas de Flor com Amor, que atende crianças e adolescentes da comunidade da Avenida Roberto Marinho, no bairro do Brooklin, zona sul da cidade de São Paulo.


 

Leia também os outros posts de Silvia Maria Ribeiro

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo