• Sílvia Maria Ribeiro

VIOLÊNCIAS

Atualizado: 20 de jan.

Talvez um dos temas mais abordados em nossas conversas cotidianas seja “a violência”. Pode ser a violência física, das palavras ou das atitudes. Ela é recorrente em nossas vidas. Muitas vezes nós nos violentamos também ao nos submetermos uns aos outros.

A violência física, muitas vezes contra as mulheres, está na ordem do dia. Por que será? Uns dizem que é devido à sociedade caótica e machista em que vivemos outros à índole das pessoas. Não quero entrar nesse mérito, desejo apenas discutir o tema.

As palavras também podem ser violentas e machucar os outros ou nos machucar também. Quantas vezes nos sentimos humilhados pelas palavras? Quantas vezes humilhamos pelas palavras?

Atitudes podem ser violentas, menosprezar os outros pelo olhar ou nos sentirmos menosprezados por ele?

Acho que podemos mudar essas atitudes promovendo o amor e a afetividade. Os florais nos dão essa capacidade.

Se tomarmos ASSÁ ou dermos para pessoas violentas podemos acabar com ela. Ele limpa a psique negativa, abre para a gratidão, possibilita o perdão e a generosidade. Toda pessoa que tem a sensação de ser injustiçada, que tem ressentimento e amargura deveria tomá-lo.

Podemos aliá-lo à INDAIÁ, que cura traumas por abuso sexual, verbal ou emocional. Ele nos faz aceitar nossa natureza inocente e cura a dor provocada por baixa autoestima.

Nossa querida MOARA é outra essência associada ao tema que dissolve padrões rígidos de comportamento, despertando a sensação de valor e abundância. Além de conscientizar sobre o amor pessoal e o amor incondicional. Importante: ela desenvolve o sentido para o coletivo e o altruísmo.

Para completar indico RUDÁ, que ajuda a metabolizar positivamente as experiências e emoções e promover a paz. Ela ajuda a assimilar o que precisamos para evoluir.

Seja tomando ou ministrando essas essências estaremos deixando para trás a violência e diminuindo o tema de tantas conversas.

Devemos lembrar que violência gera violência e gentileza gera gentileza!

Um bom ano para todos nós!

Abraços,

Sílvia Maria Ribeiro



 

Sobre Sílvia Maria Ribeiro


Geógrafa graduada pela Universidade de São Paulo em 1981 e pós-graduada em Administração de Recursos Humanos pela Universidade Paulista.

Terapeuta floral com formação no Sistema Ararêtama desde 1997. Atuando desde 1999 no Programa Social Gotas de Flor com Amor, que atende crianças e adolescentes da comunidade da Avenida Roberto Marinho, no bairro do Brooklin, zona sul da cidade de São Paulo.


 

Leia também os outros posts de Silvia Maria Ribeiro

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo