• Sílvia Maria Ribeiro

PARAR E RESPIRAR

Atualizado: 20 de jan.

Sei que parece chavão chegar nessa época do ano e ver a agitação das pessoas. Parece que o mundo vai acabar! É tanta gente afobada e correndo que chega a dar medo. Lojas, supermercados e shoppings cheios de gente a correr e a correr. Tive um choque ao chegar a São Paulo, vinda de uma pequena vila no Nordeste. Aeroporto lotado, gente chegando e saindo.

Pensei: o que acontece com essa correria toda? Essa gente respira?

Na vila em que estava o tempo passava devagar, as pessoas pareciam em outra dimensão. Falavam pausadamente e pasmem! Respiravam pausadamente. Aí pensei: será que eu também estou assim, tão zen?

Ao chegar e me deparar com essa outra realidade, resolvi me precaver e fui logo ao floral MAMOÃ, para me conscientizar da importância da respiração cadenciada. Ele também estimula a quietude e tranquiliza. Pensei comigo: Os shoppings deveriam borrifar MAMOÃ pelos corredores, assim diminuiria o stress e a correria das pessoas.

Ainda bem que essa época do ano também é de festas e comemorações. As empresas fazem suas festas, as famílias se encontram para o Natal e o Ano Novo (para quem comemora). Eu gosto, mas tem quem não goste. Isso é de cada um. Tem gente que fica alegre e outros que ficam tristes. É a vida.

Para os tristes e pessimistas recomendo MARUPIARA, que promove a alegria e desperta o sentido da coletividade. É excelente para dinâmicas familiares, tão importantes!

Recomendo também JUMPING CHILD, para quem não tem senso de humor e dificuldade em brincar e se divertir, também para solidão.

THINI-Á também proporciona sensação de leveza. É muito gostosa. Recomendo.

Com esse arsenal em mãos poderemos nos divertir sem perder a sensação da realidade, mas com muita vontade de interagir.

Parar e respirar! Se alegrar e interagir!

Que venha 2019 trazendo novos ares e fé em nós mesmos!

Viva!



 

Sobre Silvia Maria Ribeiro


Geógrafa graduada pela Universidade de São Paulo em 1981 e pós-graduada em Administração de Recursos Humanos pela Universidade Paulista.

Terapeuta floral com formação no Sistema Ararêtama desde 1997. Atuando desde 1999 no Programa Social Gotas de Flor com Amor, que atende crianças e adolescentes da comunidade da Avenida Roberto Marinho, no bairro do Brooklin, zona sul da cidade de São Paulo.



 

Leia também os outros posts de Silvia Maria Ribeiro

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo