Sobre a Mandala Ararêtama

Em nosso caminho com as flores, estamos sempre aprendendo. Elas mesmas nos trazem

as informações, mesmo quando não estamos atentos. Quando estamos então, parece

mágico! A comunicação é direta e fluída. E, quanto mais nos ligamos e nos

sintonizamos, isso vai se tornando parte nós. As flores estão sempre querendo nos dizer

algo, têm sempre algo a nos oferecer, mas isso exige uma abertura.

O trabalho com as essências florais e vibracionais é isso: é estar em sintonia com as

flores e a natureza, com o outro que está ali na sua frente para ser acolhido, com o

mundo e consigo mesmo. Nem sempre isso é fácil! E não acontece de um dia para

outro. É um exercício diário que começa a acontecer quando nos disponibilizamos.

Quando começamos a tomar e a estudar as essências vibracionais. Mas não tem fim. É

um aprendizado constante.

A Mandala Ararêtama nos proporciona isso. Esse exercício diário de comunicação.

Uma comunicação mais ampla entre a essência e o ser. Sempre percebendo, aprendendo

e modificando. É um processo onde, muitas vezes, encontramos a dor sem esperar... e

outros incômodos. E o nível de mudança vai depender diretamente da nossa

disponibilidade para isso. Que não vai ser total! Penso que isso não seja possível e,

portanto, precisaremos de algumas Mandalas durante a vida!!!

A Mandala nos guia gentilmente em um processo profundo de autoconhecimento. Onde

nos deparamos com nossos padrões emocionais, com nossas características negativas,

mas, também, com as nossas virtudes e nossos dons, que precisamos conhecer e

desenvolver. Percebo que cada exercício que fazemos, cada pergunta que respondemos,

nos leva mais fundo, nos vasculha, remexe o lodo. Mas, esse lodo já está embebido pela

essência vibracional e a amorosidade dela nos permite ir até onde podemos ir, nos

permite ver o que nos é possível ver, e sentir o que conseguirmos sentir naquele

momento. Mas, a mudança é certa.

Penso que, como profissionais da Terapia Floral, precisamos estar sempre num processo

de mudança e aprendizado. É um compromisso que precisamos manter não apenas com

o nosso ser, mas em respeito àquela pessoa que está ali, nos procurando, precisando do

nosso trabalho e do nosso acolhimento. E, para que elas experimentem o processo,

precisamos experimentar antes, para orienta-las com segurança e perspicácia.

Percorrer o caminho da Mandala é trabalhoso, requer dedicação. Mas, estar dentro dela

é mágico, gratificante e apaixonante!

Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Se desejar ser um representante Ararêtama, obter mais informações sobre workshops, cursos intensivos ou extensivos de formação, vivência na Mata Atlântica em Ubatuba e Cunha ou para conhecer mais sobre a Ararêtama, entre em contato: araretama@gmail.com

Este site foi desenvolvido por Prático Digital 2020 :.: praticodigital@gmail.com