Se desejar ser um representante Ararêtama, obter mais informações sobre workshops, cursos intensivos ou extensivos de formação, vivência na Mata Atlântica em Ubatuba e Cunha ou para conhecer mais sobre a Ararêtama, entre em contato: araretama@gmail.com

Este site foi desenvolvido por Prático Digital 2018 :.: praticodigital@gmail.com

CONTANDO “CAUSOS” FAZENDO HISTÓRIA: CUIDAR É CURAR

 

Nesta edição, quero compartilhar com os leitores, o grande número de “causos” de que tomei conhecimento e que tem gerando preocupações na maioria das pessoas.

Há um grande público reclamando de sintomas como: cansaço profundo, desalento, muita ansiedade e pouco sono.

 

Hoje, não por acaso, ouvi no rádio sobre o SETEMBRO AMARELO, uma campanha mundial contra a DEPRESSAO e a ANSIEDADE.

 

Segundo a reportagem, atualmente existem mais de 5 milhões de pessoas no mundo, que sofrem de tristeza, desalento e o medo do que virá, sentindo-se impotentes e inseguros.

Como terapeuta e estudiosa do Sistema Ararêtama, creio necessário fazer um alertar sobre tal questão e, numa breve reflexão, propor um olhar diferenciado para essa sintomatologia.

 

É fato que a humanidade vive uma realidade que a coloca diante de grandes desafios, para a Alma, o corpo, a mente e os sentimentos/emoções. Cada indivíduo pode se deixar levar por essa “onda” de sofrimento e medo ou pode despertar em si a vontade do autoconhecimento, a luz da consciência, do amor e do perdão. Abandonar atitudes de autojulgamento e as ideias inflexíveis e radicais. Aprender a viver o hoje e a construir ao seu redor uma rede de colaboração e contribuição.

 

Creio que uma concepção, verdadeira de saúde e equilíbrio passa por tais considerações. Cabe à própria pessoa atribuir-se o direito de ser atores e escritores de sua bibliografia pessoal e única.

 

No entanto, não é possível fazer omelete sem quebrar os ovos. É necessário que o ser humano mergulhe em seu âmago para renascer melhor, compreender seus limites e aprender com eles.

Um exercício que requer compromisso, responsabilidade, paciência, disciplina e muita vontade para erguer sua própria ponte de salvação.

 

Algumas essências podem nos ajudar muito nesse processo. Sugiro que você use a combinação: Pyatã (vitalidade), Ararybá (integração), Celebração (confiança, alegria), Mamoã (acalentar) e Oyamã (assertividade, força).

 

Não é preciso vibrar na mesma “onda” da totalidade. Inspirados pela poesia da primavera, convido cada leitor a fazer diferente! Cuide de si mesmo para ter a oportunidade de curar os outro.






 

Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes

December 21, 2018

December 19, 2018

December 19, 2018

September 22, 2018

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags